fbpx

Como estará o câmbio em 2022?

Hoje, na série que apresenta cada um dos serviços da empresa, vamos falar da WIT Exchange. Este é o braço da WIT que trata de câmbio e remessas internacionais. Com mais de 10 anos de experiência na área, essa unidade da empresa é referência no atendimento e assessoria em comércio exterior, investimentos e pagamentos/serviços que envolvam outras moedas, com mais de 20 profissionais dedicados, que atendem a mais de 400 empresas devidamente cadastradas em bancos e corretoras, com volume mensal de operações que ultrapassam US$ 200 milhões em transações internacionais.

Os serviços da WIT Exchange são divididos em atendimentos especializados a empresas e para pessoas físicas. Para contribuir com seu negócio, a unidade mantém acordos comerciais com bancos e corretoras, aproveitando as melhores opções e fluxo de aprovação/autorização da operação, de acordo com a natureza de câmbio, entregando melhor taxa e melhor rentabilidade para seus negócios. Com foco no atendimento exclusivo, os serviços para pessoa jurídica envolvem remessas internacionais, importações e exportações, assessoria em câmbio e até aporte de capital para startups.

Para atendê-lo de forma personalizada e de acordo com seus objetivos, a WIT Exchange também disponibiliza serviços especialmente criados. Aqui você encontra toda a proteção necessária para sua viagem ser inesquecível, com as melhores taxas de câmbio e possibilidade de compra on-line – bem como a sua vida no exterior descomplicada e segura. A WIT Exchange ainda disponibiliza a você um cartão Travel Money, aceito em mais de 200 países; e a possibilidade de cotação, em tempo real, de mais de 25 moedas internacionais.

Atualizados com o mercado como um todo, a equipe da WIT Exchange permanece atenta às perspectivas das moedas internacionais. “Acompanhamos diversos profissionais experientes e também o Boletim Focus do Banco Central. O interessante deste relatório é que o mesmo considera as projeções feitas por economistas de mais de cem instituições financeiras e consultorias”, afirmou o CEO da WIT Exchange, Marcos Almeida.

Conheça as influências sobre o câmbio em 2022

Alguns fatores atuarão sobre o dólar no Brasil neste ano, como você viu no primeiro artigo da WIT para o LinkedIn. Segundo especialistas, a moeda norte-americana deve ter espaço para cair em 2022, mas não abaixo dos R$ 5.

O espaço para a queda estaria ligado ao ciclo de alta dos juros iniciados no ano passado e que devem seguir neste ano. Mas os fatores externos e internos devem limitar essa desaceleração.

O horizonte político brasileiro, com as próximas eleições para presidente, e o agravamento da crise fiscal, gerada pela PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos Precatórios, são algumas das condições para o patamar elevado do dólar. Isso porque eles aumentam os temores ligados ao chamado “Risco Brasil”, que fazem com que o mercado financeiro reaja de forma negativa e busque apoio no dólar, uma moeda mais forte que o real.

O dólar já é uma moeda tradicionalmente escolhida por investidores como forma de proteção. Em razão disso, no cenário internacional, qualquer mudança adotada pelo governo dos Estados Unidos pode refletir sobre a moeda. Uma das perspectivas é a alta na taxa básica de juros nos Estados Unidos que pode ser antecipada para este primeiro semestre, o que aceleraria a retirada desta moeda. “Isso significa que, reduzindo a quantidade em circulação na economia mundial, há o fortalecimento do dólar em relação às outras moedas, incluindo o real”, opinou Almeida.  

Como você pode verificar no gráfico acima, o desempenho dessa moeda foi bem atípico nesses últimos anos. Apesar das políticas econômicas brasileira e internacional, o principal fator para toda essa volatilidade na moeda dos Estados Unidos foi mesmo a pandemia e suas consequências. O cenário deve se estabilizar ao longo de 2022, tornando o cenário futuro mais previsível. De qualquer forma, fatores novos, como o surgimento de variantes da Covid-19, podem reativar incertezas e novamente fortalecer o dólar.

Quem somos

Normas
Junte-se a nós
Linkedin
Instagram
Facebook
Whatsapp
Youtube
Twitter